Entidades abrem vigilância contra retrocessos nos planos de saúde

Organizações lançam manifesto contra propostas prejudiciais aos consumidores e que colocam em risco a saúde dos brasileiros


O Idec e 25 entidades de defesa do consumidor e de direitos, entidades médicas, OAB, entre outras, divulgaram nesta terça-feira (22) um manifesto contra propostas apresentadas pelas operadoras de planos de saúde para flexibilizar a legislação do setor. As medidas serão tratadas durante evento nesta semana organizado pelas empresas com a presença de autoridades do executivo e judiciário.


Entre as propostas apresentadas para desfigurar a atual lei da planos de saúde, em vigor desde 1998 e que fixa garantias mínimas de atendimentos aos consumidores, está a tentativa de liberar a venda de planos segmentados, de menor cobertura, que deixam de fora os tratamentos a doenças mais complexas e podem abrir caminho para cobranças abusivas.


“Mais uma vez as operadoras de planos de saúde propõem reduzir proteções e direitos que os consumidores conquistaram há mais de 20 anos. A articulação é nova, mas as propostas são velhas. São os mesmos modelos que tentaram emplacar em 2017 e não conseguiram”, alerta a diretora executiva do Idec, Teresa Liporace.


Além da diminuição de coberturas, outras propostas prejudiciais apresentadas são a de liberar os reajustes de mensalidades - que já são extremamente abusivos - e ampliar os prazos para atendimento. Querem ainda acabar com o ressarcimento ao SUS, reduzir as multas aplicadas, obter desonerações tributárias, enquadrar os prestadores de serviço e reduzir o poder da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).


As entidades que assinam o manifesto pedem aos parlamentares e autoridades envolvidos com o tema que rejeitem a retirada de direitos já consolidados dos consumidores; que gestores públicos refutem falsos argumentos de que as medidas podem beneficiar o SUS; que demais entidades médicas apoiem a luta contra os retrocessos; e convocam as operadoras de planos de saúde para que venham a público submeter suas propostas ao debate.


Por fim, as instituições garantem manter a vigilância contra o avanço de qualquer uma dessas ameaças apontadas. Veja na íntegra o comunicado e as entidades que assinam o manifesto.


Fonte: Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec)



0 visualização
Rua Henrique Dias, 145, Boa Vista, Recife/PE - CEP: 50.070-140
(81) 3423-0540 / 3139-8501
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Rua Henrique Dias, 145 - Boa Vista, Recife - PE. CEP: 50.070-140

contato.aduseps@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube

(81) 3423-0540 / 3139-8501

(81) 3139-8502 (Financeiro)

(81) 99838-2331 (Whatsapp Comunicação)

(81) 99667-8141 (Whatsapp Financeiro)

© ADUSEPS - Associação de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistema de Saúde.

Criado por Fernando Padilha - SolvareDigital